Publicado em 10/08/2018 às 14h29.

Servidores decidem diminuir pedido de reajuste e manter greve

Categoria promete fazer uma caminhada, na segunda-feira (13), a partir do Largo do Campo Grande

Redação
Foto: Divulgação/ Sindseps
Foto: Divulgação/ Sindseps

 

Os servidores municipais de Salvador aprovaram, em assembleia na manhã desta sexta-feira (10), continuar a greve da categoria, na quadra de esportes do Sindicato dos Bancários, na Ladeira dos Aflitos. Os trabalhadores também decidiram diminuir a proposta de reajuste salarial. Inicialmente, o índice pedido era de 23,5%, em meados de março, agora passa ser de 5% para salários e auxílio alimentação.

A paralisação começou a segunda-feira (6). Eles prometem fazer uma caminhada, na segunda-feira (13), a partir do Largo do Campo Grande. A próxima assembleia será realizada na quarta-feira (15), a partir das 9h.

O coordenador geral do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), Bruno Carianha, reclamou da falta de negociação com a administração municipal. “Desde de março de 2018, quando entregamos nossa pauta reivindicativa, tínhamos expectativas de uma negociação dinâmica e salutar. Apenas em maio, a gestão iniciou as tratativas e manteve seu posicionamento de negociar direitos que já temos. Não vamos aceitar isso e essa intransigência não pode continuar por parte do prefeito”, disse Bruno, em nota.