SSA
Publicado em 11/01/2017 às 11h41.

Polícia prende suspeitos de assassinato do cabeleireiro Valdir Macário

Crime aconteceu na sede do salão na Avenida Vasco da Gama; investigação aponta que envolvimento de irmão do cabeleireiro com namorada de traficante motivou o crime

Redação
Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook

 

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (11) a dupla suspeita de assassinar o cabeleireiro Valdir Macário no seu salão de beleza no dia 12 de novembro de 2016. Conforme o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Edgar Silva Santos, acusado de ser o mandante do crime e Patric Ribeiro Tupinambá, um dos executores, possuíam mandado de prisão em aberto e serão apresentados à imprensa na tarde desta quarta.

A suspeita da polícia é que o assassinato de Valdir tenha relação com a tentativa de homicídio de seu irmão, Reginaldo Macário, que foi alvejado enquanto trabalhava no salão um mês antes do atentato que vitimou Valdir. Reginaldo mantinha relação amorosa com a namorada de um traficante.