Publicado em 26/06/2019 às 12h20.

Militar da Aeronáutica é preso com 39 quilos de cocaína na Espanha

Sargento, que não teve nome divulgado, estava em voo da FAB

Redação

 

Foto: Agência Força Áerea
Foto: Agência Força Aérea

 

Um sargento da Aeronáutica brasileira foi preso na terça-feira (25) no aeroporto de Sevilha, na Espanha, com 39 kg de cocaína na mala.

De acordo com o Ministério da Defesa, os fatos estão sendo apurados e que foi determinada a instauração de Inquérito Policial Militar (IPM).

Segundo a Agência Brasil, o militar, que não teve o nome divulgado, estava em um voo da FAB (Força Aérea Brasileira).

O ministério e o Comando da Aeronáutica disseram repudiar atos dessa natureza e que darão prioridade para a elucidação do caso, com aplicação de “regulamentos cabíveis”.

Bolsonaro se pronuncia

 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL)  confirmou pela sua página oficial no Twitter que um militar brasileiro foi preso no aeroporto de Sevilha, na Espanha, suspeito de transportar drogas ilícitas.

O chefe do Executivo Federal garantiu que, caso seja comprovado o porte de drogas por parte do militar, o mesmo será julgado e condenado na “forma da lei”.

 

PUBLICIDADE