Publicado em 27/10/2018 às 15h00.

ONS inicia operação para garantir energia no segundo turno

Em caso de queda no suprimento de energia, o ONS informará de imediato o Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Redação
Foto: Reprodução/Reuters
Foto: Reprodução/Reuters

 

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) iniciou às 0h deste sábado (27) as intervenções em instalações e equipamentos da rede de operação do Sistema Interligado para garantir que não haverá problema de abastecimento de energia durante o segundo turno das eleições neste domingo (28). A operação especial se mantém até as 7h da segunda-feira (29).

A medida atende a uma determinação do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE). Pelo plano, o ONS fará a coleta e análise de informações sobre ocorrências no Sistema Interligado Nacional de Energia (SIN). Entre as medidas, estão atenção especial com o linhão de transmissão de Xingu e Estreito, cuja queda resultou em um apagão que deixou 70 milhões de pessoas sem energia, em 13 estados, no dia 21 de março.

Em caso de queda no suprimento de energia, o ONS informará de imediato o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Ministério de Minas e Energia (MME) e os agentes de transmissão e de Distribuição envolvidos.

PUBLICIDADE

Mais notícias