Publicado em 04/08/2018 às 12h16.

‘Sou contra’, reafirma Wagner sobre ‘Plano B’ do PT

"Eu não conheço dois seres humanos, só conheço um que tenha a capacidade de recolocar o Brasil nos trilhos, ele é o Lula”, destacou

Matheus Morais
Imagem: Romulo Faro/bahia.ba
Imagem: Romulo Faro/bahia.ba

 

O ex-governador e pré-candidato ao Senado pelo PT na chapa encabeçada pelo governador Rui Costa (PT), Jaques Wagner, voltou a descartar a possibilidade de ser o “Plano B” do partido, caso o ex-presidente Lula não possa ser candidato à Presidência da República.

“Sabe por que eu sou contra Plano B? Porque eu não conheço dois seres humanos, só conheço um que tenha a capacidade de recolocar o Brasil nos trilhos, ele é o Lula”, ressaltou durante seu discurso na convenção estadual do PT e dos partidos aliados, neste sábado (4), no Parque de Exposições.

Na oportunidade, ele exaltou seu governo e o de Rui Costa.

“Essa convenção mostra a força do que construímos ao longo dessa caminhada de 12 anos. Nós viemos de metrô, que talvez seja a obra de maior visibilidade de tudo o que a gente fez”, disse.

“Esse grupo juntou os azuis e os vermelhos. Essa é a capacidade de juntar azuis e vermelhos para construir o branco da paz na Bahia. Conquistamos as pessoas pela palavra”, completou.

Wagner ainda lembrou a prisão do ex-presidente Lula e provocou os adversários. “O pai do projeto é o nosso querido presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que não está aqui presencialmente porque os invejosos querem ganhar no tapetão e não tem coragem de entrar em campo para enfrentar o nosso melhor jogador”, salientou.

 

PUBLICIDADE

Mais notícias