Publicado em 13/02/2020 às 10h08.

Bruno: escolha de Duda para presidir DEM não é indicativo de que Geraldo será vice

Duda Sanches chegou a dizer que poderá ser candidato a presidente do Legislativo Municipal se Geraldo for o vice de Bruno

Chayenne Guerreiro / Matheus Morais
Foto: Ascom / Bruno Reis
Foto: Ascom / Bruno Reis

 

O pré-candidato a prefeito de Salvador pelo DEM, Bruno Reis, afirmou nesta quinta-feira (13) que a escolha do vereador Duda Sanches para presidência municipal do partido não é um indicativo que Geraldo Jr. (SD) será seu vice no pleito de outubro.

Duda Sanches chegou a dizer que poderá ser candidato a presidente do Legislativo Municipal se Geraldo for o vice de Bruno. Segundo Reis, a escolha de Sanches “não tem nada a ver” com uma possível candidatura do vereador à presidência da Casa.

“A decisão agora foi pensando em ter um nome que pudesse reoxigenar o partido em Salvador e atrair mais pré-candidatos a vereador. Nada a ver com Câmara, cada dia com sua agonia. Só vamos conversar sobre presidência da Câmara depois das eleições”, disse ao bahia.ba durante a entrega do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Mário Altenfelder, no bairro do Lobato.

PUBLICIDADE