Publicado em 05/02/2020 às 14h47.

Bruno Reis e Geraldo Jr. discutem organização de chapa proporcional com o PSC

Segundo Heber, a reunião foi bem aproveitada e a ideia da sigla é estar em interação com o bloco do prefeito ACM Neto

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Na manhã desta quarta-feira (5), o pré-candidato à prefeitura pelo DEM, o vice-prefeito Bruno Reis, se reuniu com o presidente do PSC na Bahia, Heber Santana, e o coordenador político da campanha, o presidente da Câmara Municipal, Geraldo Junior (SD), para discutir a arrumação do partido para 2020.

Segundo Heber, a reunião foi bem aproveitada e a ideia da sigla é estar em interação com o bloco do prefeito ACM Neto (DEM), para que o partido possa se fortalecer para as eleições.

“O PSC tem, ao longo das últimas eleições, criado o hábito de sair sozinho, sem coligação, e a gente já conhece um pouco desse caminho, mas a ideia é que possamos estar nessas interação, trabalhando junto ao prefeito e fortalecendo o partido para as eleições para que a gente possa ter um excelente resultado e maior número de vereadores possíveis e cooperar com esse projeto vitorioso que tem feito bem para a cidade”, disse o presidente do PSC.

Perguntado sobre a dificuldade que Bruno Reis terá ao tentar organizar os partidos aliados, Heber afirmou que o processo é normal, por ser um grupo muito forte, “e isso faz com se tenha uma bancada de vereadores grande também. Tem que organizar isso, onde não existe mais coligações você tem que construir realmente dentro do partido as viabilidades eleitorais. Há um interesse coletivo nas pessoas os projetos e com conversas a gente vai conseguindo organizar de maneira que os partidos tenham as forças equilibradas”.

“Estou muito otimista em relação ao PSC, acho que temos plenas condições para repetir as boas atuações dos últimos anos, crescendo. Iremos ter boas novidades que dará um fortalecimento para avançar ainda mais em 2020”, finaliza.

PUBLICIDADE