Publicado em 22/10/2020 às 10h23.

Denice aciona Justiça para identificar autores de ‘fake news’ e ataques racistas

"Há interesses políticos em me prejudicar, mas não vou desanimar", afirma a candidata da 'Coligação que Cuida de Gente'

Redação
Foto: Twitter
Foto: Twitter

 

A candidata à Prefeitura de Salvador pela ‘Coligação que Cuida de Gente’ (PT-PSB), Major Denice Santiago, anunciou nesta quinta-feira (22) que vai recorrer à Justiça para identificar e punir os responsáveis por uma fake news que circula desde quarta-feira (21) nas redes sociais.

O vídeo que vem sendo atribuído à candidata mostra a entrevista de uma policial militar, a capitã Sheyla Barbosa, afirmando que “os bandidos só apontam uma arma porque têm medo da comunidade”.

“É muito triste sofrer esse tipo de ataque. Mas de maneira nenhuma esse jogo vai me desanimar ou colocar medo. O meu setor jurídico já foi acionado e vai tomar as medidas cabíveis para punir os responsáveis por essas ofensas direcionadas a mim. Não tenho medo de fake news. Tenho uma trajetória ilibada e limpa. Esse tipo de coisa nunca vai me afetar”, disse a Major Denice.

Além do vídeo, o setor jurídico da coligação vai denunciar atos racistas identificados na página da candidata, como caricaturas discriminatórias, piadas e xingamentos.

Foto: Assessoria Major Denice
Foto: Assessoria Major Denice

 

“Vou recorrer à lei, que eu obedeci e defendi a vida toda, para que sejam responsabilizados todos aqueles que participaram desse ato criminoso. É inadmissível que tentem transformar as eleições, um marco da democracia, em um evento marcado por ilegalidades”, afirmou a candidata ao Palácio Thomé de Souza.

Denice pontuou que esses ataques estão relacionados ao crescimento de seu nome nas pesquisas de intenção de votos. “Há interesses políticos em me prejudicar, mas não vou desanimar com notícias falsas ou ataques racistas, pois já superei muitos obstáculos na vida e não vão ser agressões que vai me parar”, assinalou a postulante.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.