Publicado em 28/10/2020 às 14h33.

‘Imagina o que seria do nosso povo sem o SUS’, questiona Denice sobre privatização

Governo federal autorizou equipe econômica a preparar um modelo de desestatização das unidades básicas de saúde

Redação
Foto: Jonas Santos/divulgação
Foto: Jonas Santos/divulgação

 

A candidata à prefeitura de Salvador pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Major Denice repudiou na manhã desta terça-feira (28), a decisão do governo federal, que autorizou, em decreto publciado no Diário Oficial da União (DOU) a equipe econômica a preparar um modelo de privatização para as unidades básicas de saúde.

Em publicação em seu perfil no Twitter, a candidata disse que, em uma das maiores crises de saúde pública da história, o presidente da Repúblcia quer privatizar as unidades básicas de saúde no Brasil e convencer de que saúde exclusivamente privada é boa para os brasileiros.

“Imagina o que seria do nosso povo sem o SUS durante a pandemia? O acesso à saúde universal e gratuito é um direito constitucional e uma das maiores conquistas do povo brasileiro! Não podemos permitir a retirada de direitos e a fragilização do nosso sistema público de saúde”, disse a major.

Em uma das maiores crises de saúde pública da história, o presidente quer privatizar as unidades básicas de saúde no Brasil e quer convencer de que saúde exclusivamente privada é boa para os brasileiros. Imagina o que seria do nosso povo sem o SUS durante a pandemia? #DefendaoSUS

A medida tem a intenção de transformar as unidades básicas de saúde em todo o Brasil em um sistema de parceria publico-privada (PPP), o que, na avaliação da Major, pode significar a retirada de mais direitos dos brasileiros, mas agora no campo da saúde.

Mais notícias