Publicado em 22/09/2020 às 21h00.

MP orienta pré-candidatos de Juazeiro a evitarem aglomerações durante campanha

Recomendação expedida nesta terça pela promotora Andréa Costa orienta que políticos deem prioridade ao marketing digital

Redação
Foto: Luís Filipe Veloso/ bahia.ba
Foto: Luís Filipe Veloso/ bahia.ba

O Ministério Público eleitoral da Bahia recomendou que os pré-candidatos a cargos eleitorais em Juazeiro evitem aglomerações durante campanha eleitoral. A recomendação expedida nesta terça-feira (22) pela promotora Andréa Mendonça da Costa orienta que os políticos deem prioridade ao marketing digital e evitem publicações impressas, como cartilhas, jornais, panfletos, santinhos e folders.

A medida é uma forma de evitar a propagação do novo coronavírus, que já contaminou 297.805 pessoas na Bahia e vitimou mais de 6,3 mil delas. A promotora recomendou também a adoção de medidas higiênico-sanitárias, como utilização de máscaras nas vias públicas, disponibilização de álcool gel, distanciamento físico em comitês ou reuniões político-partidárias e que evite comícios, caminhadas e carretas.

Além disso, a promotora Andréa Costa recomendou também que a prefeitura da cidade oriente a equipe de fiscalização para coibir ações que infrinjam as medidas de proteção à Covid-19. Guardas Municipais e/ou agentes de vigilância sanitária deverão fiscalizar de forma permanente e aplicar, quando necessário, as sanções previstas em decretos municipais ou acionar a polícia em caso de crime de propagação de doença contagiosa (art. 268 do Código Penal).