Publicado em 07/02/2020 às 10h20.

Santo Amaro: TSE mantém ex-prefeito inelegível; petista tenta emplacar esposa

Ricardo Machado é um dos alvos da Operação Adsumus, da Polícia Federeal

Matheus Morais
Foto: Reprodução/ Facebook
Foto: Reprodução/ Facebook

 

O ex-prefeito da cidade de Santo Amaro, no Recôncavo do Estado, Ricardo Machado (PT) continua inelegível. A reafirmação da inelegibilidade  foi publicada no Diário Oficial da Justiça de 04 de fevereiro..

Condenado em 2017 por desvio de R$ 20 milhões e irresponsabilidade social, Ricardo Machado teve recurso negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e permanece inelegível para as eleições de 2020. Em decisão, os ministros Rosa Weber e Edson Fachin alegaram que o recurso de Machado se tratava de “mero Inconformismo”

O bahia.ba apurou que mesmo sendo processado, Machado tem tentado voltar ao poder no município. Agora, ele tenta lançar o nome da esposa, Alessandra Gomes, para disputar a prefeitura no mês de outubro.

Contudo, um opositor de Machado disse ao bahia.ba que o grupo capitaneado pelo petista tem encontrado dificuldades para reunir apoios para o pleito.

 

PUBLICIDADE