Publicado em 11/02/2020 às 11h41.

‘Se não quiser, paciência’, afirma Lupi sobre permanência do PDT na base de Rui

O presidente do partido participou nesta terça-feira (11) do evento que marca a filiação de Leo Prates ao PDT

Bianca Andrade / Matheus Morais
Foto: Matheus Morais/ bahia.ba
Foto: Matheus Morais/ bahia.ba

 

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sinalizou que a permanência do partido na base do governador Rui Costa (PT) para as eleições de 2020 dependem apenas do petista.

Ao bahia.ba durante o evento realizado nesta terça-feira (11) no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo da Bahia, que marca a filiação de Leo Prates ao PDT e o anúncio da pré-candidatura do secretário municipal de Saúde, o presidente do partido afirmou que aguarda um posicionamento do governador.

“Depende dele, nós não temos vontade nenhuma de sair. Ajudamos a construir essa eleição. E agora é a eleição municipal, se ele não quiser, paciência. Seguimos nosso caminho”, disse.

PUBLICIDADE