Publicado em 01/08/2022 às 10h10.

ACM Neto analisa risco de rompimento no grupo após escolha de candidato a vice

"Vou procurar conduzir da melhor forma para tentar evitar qualquer perda", disse o ex-prefeito de Salvador

Redação
Foto: Assessoria/ UB
Foto: Assessoria/ UB

 

A novela sobre a definição do candidato a vice-governador do estado pela chapa de ACM Neto (União Brasil) está próxima do fim. O ex-prefeito de Salvador afirmou, em entrevista ao Jornal Tribuna da Bahia, que o anúncio sairá nesta semana, perto da convenção marcada para o dia 5 de agosto para homologar a sua candidatura ao Governo da Bahia.

“Normalmente essa definição de vice acontece bem perto da convenção. Nossa convenção é dia 5 de agosto, o último dia previsto na legislação para a confirmação das candidaturas. Então, é muito provável que essa definição aconteça bem perto do prazo, senão no próprio dia da convenção”, disse ACM Neto.

Ao todo, nove nomes foram avaliados numa pesquisa interna encomendada para definir o candidato a vice. Apesar do levantamento realizado, aliados do ex-prefeito seguem preocupados com a possibilidade de rompimento no grupo político após a escolha.

“Não sou presidente dos outros partidos, não posso falar por ninguém, exceto pelo União Brasil. Alguns partidos, eu sei que não estão nessa briga, e que vão conosco incondicionalmente. Mas eu vou procurar conduzir da melhor forma para tentar evitar qualquer perda nessa escolha de vice”, garantiu o carlista.

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.