Publicado em 04/04/2022 às 07h16.

Após nota, ala de ACM Neto desiste de impugnação de Moro

Partido afirmou no documento que filiação do ex-ministro tem como objetivo construir uma candidatura em São Paulo

Redação
Foto: Divulgação/ACRJ
Foto: Divulgação/ACRJ

A ala do União Brasil integrada pelo ex-prefeito de Salvador ACM Neto desistiu de tentar impugnar a filiação do ex-ministro Sérgio Moro. O grupo resiste a ideia de o novo correligionário disputar a presidência da República, proposta aventada pelo próprio Moro, mas em nota a direção nacional da sigla atenta que “sua filiação ao União Brasil tem como objetivo a construção de um projeto político-partidário no estado de São Paulo e facilitar a construção do centro democrático”.

Em outras palavras, Sérgio Moro deve ser candidato a senador, deputado federal ou deputado estadual. Secretário-geral do UB, ACM Neto confirmou à analista de política da CNN Renata Agostini, a elaboração de um pedido de impugnação. “O União Brasil tem na sua essência a defesa da democracia. Nascemos pautados pelo respeito ao espírito colegiado, e seguiremos assim na tomada de todas as decisões internas”, completou a direção da legenda no documento.

Para a cúpula do UB, “o ex-ministro Sergio Moro é um homem íntegro, capaz de enriquecer, junto às demais lideranças partidárias, a discussão sobre o futuro que almejamos para o país”. O presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PE), afirmou – em declaração ao G1 – que “não vamos cercear nada e ninguém”, ao defender a fliação de Moro.

Na sexta-feira (1º), o pré-candidato ao governo baiano emitiu sinais de que poderia até deixar o partido. Recebeu convites do PSDB e do PDT, mas permaneceu no partido em que participou da fundação.

 

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.