Publicado em 27/09/2022 às 09h28.

AtlasIntel: Jerônimo avança para 46,5%, e ACM Neto marca 39,6%

João Roma, do PL, pontuou 9,9% na nova rodada da pesquisa de intenções de voto

Redação
Imagem: reprodução/Exame
Imagem: reprodução/Exame

 

A nova rodada da pesquisa realizada pelo Instituto Atlas/Intel, encomendada pelo Jornal A TARDE, apontou um avanço do candidato do Partido dos Trabalhadores ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, na liderança. Segundo o levantamento, divulgado nesta terça-feira (27), o petista soma 46,5% das intenções de voto, ante 39,6% do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil).

A diferença entre os líderes pôde ser observada no cenário estimulado, quando o nome dos candidatos são apresentados aos entrevistados, para o primeiro turno, marcado para acontecer no domingo, dia 2 de outubro.

João Roma, do PL, aparece em terceiro lugar com 9,9% das intenções, seguido por Kleber Rosa (PSOL), com apenas 1,5%. Brancos e nulos somaram menos de 1%, enquanto 2% dos entrevistados não souberam responder o questionamento.

Foto: Reprodução, A TARDE
Foto: Reprodução, A TARDE

 

A pesquisa apontou, ainda, que considerando os votos válidos, sem nulos, brancos e indecisos, o petista tem 47,6% e pode decidir a eleição já no primeiro turno.

2º turno

Em uma eventual disputa entre ACM Neto e Jerônimo Rodrigues no segundo turno, a pesquisa AtlasIntel/A TARDE divulgada nesta terça apontou que o ex-secretário estadual da Educação está tecnicamente empatado com o carlista: 47,7% a 46,2%.

O petista venceria uma improvável disputa contra o candidato bolsonarista João Roma (PL), com 59,7% a 20,8%. ACM Neto também venceria o ex-ministro da Cidadania com uma ampla vantagem: 56,3% a 17,6%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 26 desse mês e ouviu 1600 pessoas. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE-BA-04292/202.

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.