Publicado em 26/07/2022 às 12h24.

Campanha de Bolsonaro vai mirar eleitor do Sudoeste

Segundo site, núcleo pró-reeleição considera que dianteira no Nordeste deve ficar com Lula

Redação
Foto: Reprodução | TV Globo
Foto: Reprodução | TV Globo

 

O núcleo que prepara a campanha pela reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) avalia que ele não tem como crescer muito no Nordeste e mira intensificar esforços nos estados do Sudeste. Como base em pesquisas internas, os líderes bolsonaristas admitem que a dianteira do eleitorado nordestino deve ficar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A informação é da colunista Thais Oyama, do UOL. Segundo a jornalista, o cálculo que os coordenadores da campanha à reeleição é de que o nordeste concentra 27% do eleitorado, no qual Bolsonaro poderia crescer 1 ponto percentual, mas São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro respondem por 42% do eleitorado nacional.

 

Atualmente, Lula e Bolsonaro empatam no Centro-Oeste. O petista lidera nas demais. No Nordeste, a diferença é de 59% a 22%, enquanto no sudoeste há quase empate técnico, com 38% das intenções de voto para o ex-presidente e 33% para o postulante à reeleição. Os dados são da pesquisa Quaest.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.