Publicado em 09/08/2022 às 10h50.

De R$ 300 mil a R$ 41 milhões, saiba o patrimônio dos candidatos ao governo da Bahia

Com fortuna de R$ 41,7 milhões, ACM Neto (UB) é o mais rico na disputa pelo Palácio de Ondina

Jamile Amine
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

 

De acordo com declarações de bens junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (UB) é o candidato ao governo da Bahia mais abastado, com uma fortuna calculada em mais de R$ 41,7 milhões.

O segundo mais rico da lista é o ex-ministro João Roma (PL), que declarou um patrimônio de mais de R$5,56 milhões. Em um patamar muito abaixo dos dois primeiros colocados, o ex-secretário de Educação Jerônimo Rodrigues (PT) e o cientista político Kleber Rosa (Psol) declararam um patrimônio bem mais modesto, de R$ 515 mil e R$ 309 mil, respectivamente.
ACM NETO

Com o total de R$41.718.572,69 em bens declarados ao TSE, o patrimônio de Neto inclui um apartamento avaliado em R$ 7.879.197,99; participações societárias de R$ 9,38 milhões e R$1,28 milhões; mais de R$ 3,3 milhões em aplicações de renda fixa; além de mais de R$ 1 milhão em “outros bens e direitos”.

JOÃO ROMA

De acordo com o declarado ao TSE, Roma soma R$5.561.182,61 em patrimônio, sendo o bem mais caro um apartamento avaliado em R$2.527.996,53. Além disso, ele possui um veículo no valor de R$153.196,75 e diversos patrimônios declarados como “outros bens e direitos”, somando R$ 2.143.899.

JERÔNIMO RODRIGUES

Conforme declaração à Justiça Eleitoral, Jerônimo possui um patrimônio de R$ 515.216,13. Os bens mais valiosos do ex-secretário de Educação são um apartamento avaliado em R$ 315 mil e uma casa de R$ 100 mil. Ele possui ainda um automóvel de R$ 72 mil, R$ 16.330 em caderneta de poupança e mais R$ 4.207,29 em conta corrente.

KLEBER ROSA

Segundo declarou ao TSE, Kleber Rosa tem um patrimônio total de R$ 309 mil, incluindo um apartamento de R$ 270 mil e um automóvel de R$ 39 mil.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.