Publicado em 26/05/2022 às 18h20.

‘Eleitores que se identificam com Bolsonaro são nazistas e fascistas’, diz Ciro

O outro argumento de Ciro é que um grupo vota em Bolsonaro e nos aliados do presidente por conta da rejeição ao Partido dos Trabalhadores (PT)

Redação
Foto: Reprodução / Youtube
Foto: Reprodução / Youtube

 

O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou nesta quinta-feira (26), durante entrevista à rádio CBN Campinas, que cerca de 10% a 15% do eleitorado brasileiro se identifica com o presidente Jair Bolsonaro (PL) é nazista, fascista e anticiência. Ciro atribuiu ainda

“Primeiro, o Brasil tem aí 10%, 12%, 15% de eleitores que se identificam com o Bolsonaro. São nazistas, fascistas, são anticiência, são homofóbicos, acreditam na terra plana, exploram a religiosidade popular, exploram os temas da moral popular que o PT e esse identitarismo estúpido acabam aperfeiçoando”, afirmou.

O outro argumento de Ciro é que um grupo vota em Bolsonaro e nos aliados do presidente por conta da rejeição ao Partido dos Trabalhadores (PT).

“A outra banda de eleitores do Bolsonaro, a minha hipótese é que as pessoas estão dizendo que votam no Bolsonaro porque não querem o Lula e o PT de volta. Eu tenho elementos científicos de pesquisas feitas, não para antecipar ou fazer propaganda, mas para gente ir entendendo os movimentos de opinião. Quase um terço do eleitorado do Bolsonaro diz que vota no Bolsonaro porque não quer o Lula e o PT de volta, apesar de estar muito frustrado”, pontuou.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.