Publicado em 18/08/2022 às 12h55.

‘Golpe? Isso é fake news’, diz Bolsonaro sobre conversas de empresários no WhatsApp

Empresários aliados ao presidente estariam defendendo um golpe de estado caso o petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vença as eleições

Redação
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Durante visita ao Parque Tecnológico de São José dos Campos, em São Paulo, na manhã desta quinta-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro refutou as acusações de que empresários aliados a ele estariam defendendo um golpe de estado caso o petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder nas pesquisas de intenção de voto, vença a disputa presidencial. “Golpe? Quem vai dar golpe, isso é fake news”, disse.

A declaração acontece após o portal Metrópoles ter divulgado mensagens trocadas por empresários bolsonaristas num grupo de WhatsApp. O grupo inclui líderes de marcas como Havan, Coco Bambu, Multiplan e Tecnisa. De acordo com o colunista Guilherme Amado, as mensagens deixam claro a defesa de um golpe caso Bolsonaro não seja reeleito.

Após a denúncia, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) declarou ter acionado o Supremo Tribunal Federal (STF) para quebrar o sigilo do grupo de WhatsApp com os empresários.

 

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.