Publicado em 24/09/2022 às 14h30.

Justiça do Rio manda Feliciano apagar vídeo com xingamentos a Lula

Judiciário considerou uso indevido da imagem; Felipe Neto alega que sua fala na postagem foi tirada de contexto

Redação
Foto: Antônio Augusto/ Agência Câmara
Foto: Antônio Augusto/ Agência Câmara

 

A Justiça do Rio de Janeiro determinou, na sexta-feira (23), que o deputado Marcos Feliciano apague vídeo publicado no mês passado em que o youtuber Felipe Neto xinga o presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As informações são do colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles.

Em 27 de agosto, o pastor e parlamentar publicou o vídeo antigo de Felipe Neto em seu Instagram. Na legenda, Feliciano escreveu: “Teu passado te persegue, Felipe Neto”. Caso Feliciano não apague a postagem, terá de pagar multa diária de R$ 1 mil.

A Justiça considerou que Feliciano fez uso indevido da imagem de Felipe Neto com objetivos eleitorais. Apoiador do ex-presidente na sucessão federal deste ano, o youtuber alega que as declarações foram retiradas do contexto, uma vez que ele reviu posicionamento antigo sobre o petista.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.