Publicado em 30/11/2022 às 21h40.

Lula deve se reunir com Joe Biden antes da sua posse, declara Haddad

Além da visita aos EUA, Lula também deve passar na Argentina

Redação
Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert e Flickr/Joe Biden
Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert e Flickr/Joe Biden

 

O ex-candidato a governador de São Paulo, Fernando Haddad (PT-SP) afirmou, nesta quarta-feira (30), que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deve se encontrar com o presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, antes da sua posse, que acontece no dia 1º de janeiro. As informações são do portal g1.

“Teve um choque de credibilidade com a eleição do Lula. Ele está atraindo muita atenção de investigadores estrangeiros, pude constatar isso na viagem ao Egito e a Portugal”, disse o ex-ministro da Educação.

Na segunda-feira (05), dois representantes da Casa Branca desembarcam no Brasil para organizar a conversa que Lula terá com Biden. Sendo eles: o conselheiro nacional de segurança dos EUA, Jake Sullivan, e o assessor do Hemisfério Ocidental, Juan Gonzalez. Os representantes também preveem um encontro com Bolsonaro.

Além da visita aos EUA, Lula também deve passar na Argentina, antes do início do seu mandato em 2023.

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.