Publicado em 08/06/2022 às 06h42.

Moro decide sair candidato pelo Paraná, diz colunista

Aos mais próximos, Moro afirmou que pode disputar as cadeiras de deputado federal, senador, ou até mesmo o governo do estado

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Após ser impedido pelo Tribunal Regional Eleitoral paulista (TRE-SP) de concorrer a algum cargo eletivo pelo Estado de São Paulo, o ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) decidiu que não recorrerá ao TSE e disputará a eleição no Paraná.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, do Jornal O GLOBO, aos mais próximos, Moro afirmou que pode disputar as cadeiras de deputado federal, senador, ou até mesmo o governo do estado do Paraná.

Ainda sobre a decisão do TRE-SP, por quatro votos a dois, o plenário do tribunal entendeu que ele não comprovou vínculos políticos, afetivos, familiares ou profissionais com São Paulo.

De acordo com a lei eleitoral, é preciso que os políticos apresentem “vínculo residencial, afetivo, familiar, profissional, comunitário ou de outra natureza” com o estado (para eleições estaduais) ou com a cidade (para eleições municipais) para que possam concorrer, há ao menos três meses antes do pedido de transferência.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.