Publicado em 16/02/2022 às 13h36.

Otto diz que seria ‘improvisação’ substituir pré-candidatura de Wagner ao governo

Senador praticamente descartou, nesta quarta-feira (16), a possibilidade de ser candidato ao governo da Bahia nas eleições deste ano

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

 

Ao praticamente descartar a possibilidade de ser candidato ao governo da Bahia, o senador Otto Alencar (PSD) declarou, nesta quarta-feira (16), que seria uma “improvisação” substituir a pré-candidatura de Jaques Wagner (PT) ao Palácio de Ondina a menos de oito meses das eleições.

“Wagner nunca retirou a candidatura dele (ao governo da Bahia). Não é verdade. Eu também mantenho minha candidatura ao Senado. Vi que teve muita especulação, mas não houve alteração do quadro. Até porque a candidatura posta de Wagner há mais de seis, oito meses. Não tem como se fazer improvisação neste sentido”, afirmou Otto, em entrevista ao bahia.ba.

Nesta terça-feira (15), Otto se reuniu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador Rui Costa, Wagner, todos do PT, e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann. No encontro, que ocorreu em São Paulo, teria se discutido a possibilidade de Otto encabeçar a composição, e ter Rui como postulante a senador.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.