Publicado em 23/12/2021 às 07h36.

Paulo Skaf deve se candidatar ao Senado na chapa de ministro da Infraestrutura

Segundo emissora, ex-presidente da Fiesp se filiará a uma legenda que possa agregar musculatura à candidatura a governador de Tarcísio Freitas

Redação
Foto: reprodução/ facebook Paulo Skaf
Foto: reprodução/ facebook Paulo Skaf

 

Atualmente no MDB, o ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, vai se candidatar ao Senado em 2022. O executivo já havia revelado que não gostaria de voltar a tentar o governo estadual. A novidade agora é a decisão de compor a chapa apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que deve lançar na corrida ao Palácio dos Bandeirantes o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

As informações são CNN Brasil, por meio da âncora Daniela Lima e da analista de política Thais Arbex. De acordo com a emissora, Skaf anunciará a filiação a um novo partido em março. O MDB paulista apoia o pré-candidato a governo Rodrigo Garcia, indicado pelo presidenciável João Doria (PSDB).

A princípio, o ex-presidente da Fiesp não irá a um partido do núcleo duro de Bolsonaro – que tem também o PP e o Republicanos. Paulo Skaf deve ir para uma outra legenda que venha a dar mais musculatura à candidatura de Tarcísio Freitas.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.