Publicado em 29/11/2022 às 08h20.

PL paga R$ 4,8 milhões à FAB para ressarcir voos de Bolsonaro em campanha

O partido desembolsou também R$ 500 mil com fretamento de aeronave e R$ 2 milhões com transporte aéreo de cargas

Redação
Foto: Alan Santos / PR
Foto: Alan Santos / PR

 

A campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) à reeleição ainda abala os cofres do PL, que além da multa de cerca de R$ 23 milhões determinada pelo ministro Alexandre de Moraes por questionar segurança das urnas eletrônicas, teve que ressarcir a Força Aérea Brasileira (FAB) por uso de frota durante a disputa eleitoral.

De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, o partido pagou R$ 4.876.949,03, como forma de indenizar os cofres públicos de prejuízos pelo uso de aeronaves da FAB fora de atividades oficiais como presidente.

Ainda segundo a publicação, o PL desembolsou também R$ 500 mil com fretamento de aeronave e R$ 2 milhões com transporte aéreo de cargas.

Mais notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.