Publicado em 23/01/2022 às 10h30.

PT avalia lançar candidatura da mulher de Haddad para deputada federal

Ana Estela é professora da Universidade de São Paulo

Redação
Reprodução: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Agência BrasiL
Reprodução: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Agência BrasiL

 

A direção do PT quer transformar a professora Ana Estela Haddad, casada com o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, em uma das puxadoras de voto em São Paulo na eleição para a Câmara dos Deputados. A informação é da coluna de Guilherme Amado, do portla Metrópoles.

De acordo com a publicação, o partido avalia que ela seria capaz de ter uma votação expressiva por sua trajetória e pelo embalo da força da campanha do marido ao governo de São Paulo. Ana Estela ainda não deu uma resposta o PT. Ela é professora da USP e tem obrigações acadêmicas a cumprir.

A coluna diz ainda que a candidatura também seria importante para acrescentar uma presença feminina na bancada do PT em São Paulo. Os oito deputados eleitos em 2018 são homens e concorrerão à reeleição.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.