Publicado em 04/08/2018 às 19h00.

Campanha contra poliomielite e sarampo começa segunda-feira

A estimativa é que todo o público-alvo na Bahia, cerca de 850 mil pessoas, sejam vacinadas até o final do mês

Redação

 

Foto: Cesar Brustolin/SMCS
Foto: Cesar Brustolin/SMCS

 

De segunda-feira (6) até o fim de agosto, crianças de 1 ano a menores de 5 de todo o Brasil deverão se imunizar contra a poliomielite e o sarampo.

A campanha nacional de vacinação contra as duas doenças deve atingir 11,2 milhões de crianças no país.

No Bahia, a meta é vacinar cerca de 850 mil pessoas. Mais de 2 milhões de doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde para o estado.

Todas as crianças na faixa etária alvo que não tomaram nenhuma das doses contra poliomielite e sarampo nos últimos 30 dias precisam ser imunizadas.

No caso da poliomielite, existem dois tipos de vacinas: a Vacina Inativada Poliomielite (VIP) e a Vacina Oral Poliomielite (VOP). A VIP, que é injetável, precisa ser aplicada três vezes durante o primeiro ano de vida da criança: aos 2, 4 e 6 meses de idade.

Crianças mais vulneráveis, como portadoras de câncer ou que nasceram com o vírus HIV, também devem ser imunizadas com a VIP. Crianças que já receberam as três doses da VIP serão vacinadas com a VOP, a popular gotinha.

Quanto ao sarampo, meninos e meninas receberão uma dose da vacina Tríplice Viral, independentemente da quantidade de vezes que já foram imunizadas.

A vacina também protege contra caxumba e rubéola. As vacinas contra sarampo também estarão disponíveis para adultos.

Pessoas com menos de 29 anos de idade precisam ter tomado duas doses da imunização, enquanto o público com idade entre 30 e 49 anos, apenas uma. Acima dos 49 anos de idade, não é necessário que a pessoa receba a vacina.

Se o cidadão tiver dúvidas, basta levar o seu cartão de vacina a qualquer local de imunização.