Publicado em 11/07/2018 às 20h00.

Bahia e SC têm terceira maior queda da produção industrial

No total, 14 dos 15 locais pesquisados mostraram taxas negativas

Redação
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

 

Os estados da Bahia e Santa Catarina (SC) registraram a terceira pior queda da produção industrial de março a abril para maio deste ano, de acordo com levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (11).

Com a redução de 10,9% na produção industrial nacional, 14 dos 15 locais pesquisados mostraram taxas negativas de abril para maio de 2018, na série com ajuste sazonal. Esse perfil generalizado de queda reflete os efeitos da paralisação dos caminhoneiros.

Os recuos mais acentuados foram em Mato Grosso (-24,1%), Paraná (-18,4%), Bahia (-15,0%) e Santa Catarina (-15,0%). São Paulo (-11,4%) e Rio Grande do Sul (-11,0%) também assinalaram perdas mais intensas do que a média da indústria (-10,9%), enquanto Goiás (-10,9%), Minas Gerais (-10,2%), Região Nordeste (-10,0%), Pernambuco (-8,1%), Rio de Janeiro (-7,0%), Ceará (-4,9%), Amazonas (-4,1%) e Espírito Santo (-2,3%) completaram o conjunto de locais com índices negativos. O Pará, com alta de 9,2%, foi o único avanço no mês, eliminando, dessa forma, a queda de 8,5% observada no mês anterior.