Publicado em 14/09/2018 às 08h33.

Acusado de assédio, Thiago Martins diz: ‘Não foi minha intenção’

Cantor postou um vídeo no Instagram para se retratar e contou que conversou com a segurança, alvo da "brincadeira": "Já pedi desculpas para ela"

Redação
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram
Foto: Arquivo Pessoal/Instagram

 

O ator e cantor Thiago Martins, que substituiu Bruno Cardoso no Sorriso Maroto por motivos de saúde durante seis meses, postou um vídeo no Instagram nesta quinta-feira (13) para explicar a “brincadeira”, encarada como assédio nas redes sociais, feita com uma segurança durante um show.

“Eu nunca tive a intenção de faltar com respeito a qualquer profissional. Eu já liguei para a Flávia, a segurança mostrada no vídeo. Eu já pedi desculpas para ela, a gente já se entendeu, ficou tudo bem”, disse Thiago. Nas imagens, que repercutiram na internet, o cantor dança e mexe com a profissional.

“Esse assunto para a gente já está encerrado. Eu estou aqui para pedir desculpas como homem e como fiho a quem eu fiz mal, a quem eu magoei. Não foi minha intenção. Quem me conhece sabe que eu sempre brinquei assim nos meus shows, quem pesquisar minha vida assim, meu Instagram, sabe que eu brinco assim com seguranças, com garçons. Fiquei seis meses no Sorriso Maroto brincando assim. Enfim, foi uma brincadeira, vou aprender com o meu erro. Mas desde já, desculpa a quem eu fiz mal”, reforçou o cantor.


Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Thiago Martins (@tgmartins) em

Leia o texto na íntegra:

Salve família! Todos que me conhecem e acompanham meu trabalho sabem que tenho o costume de brincar durante os shows, sempre modifico as letras e interajo com as pessoas que estão próximas do palco, independente de gênero ou qualquer outra característica. Se procurarem em vídeos antigos, verão que tenho o hábito de me expressar de forma expansiva com todos ao meu redor.⠀

Talvez meu erro tenha sido ser brincalhão ou performático demais com uma pessoa que estava trabalhando. Entendo que a atitude pode ter sido mal interpretada e que alguns acreditem que ultrapassei limites. Por isso, faço questão de esclarecer que jamais tive a intenção de causar constrangimento e muito menos ofender a Flávia, profissional que respeito muito, assim como todos aqueles que trabalham comigo.⠀

Aceito as críticas como um alerta para me manter atento aos meus atos e peço desculpas à Flávia caso ela tenha se sentido incomodada com a brincadeira.⠀

Amo meu trabalho e fui educado por uma mulher guerreira e sozinha, que me ensinou a respeitar tudo e todos. Jamais faltaria ao respeito com a Flávia, com as mulheres, com meu público, e com essa galera que rala com a banda ao nosso lado.