Publicado em 22/02/2019 às 15h59.

Amizade entre Marquezine e Marina Ruy Barbosa acabou por divergências políticas, diz site

Além de Bruna, Marina perdeu a amizade de Thaila Ayala e do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, que foram seus padrinhos de casamento

Redação
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

 

Marina Ruy Barbosa está no olho do furacão. A atriz, que vem sendo apontada como pivô da separação de José Loreto e Débora Nascimento, é um dos assuntos mais comentados das redes sociais.

Entre as polêmicas envolvendo a ruiva, estão a amizade entre ela e Bruna Marquezine, que teria parado de seguir a amiga após o boato dela estar se envolvendo com Loreto vir a tona.

Mas de acordo com o jornal ‘Extra’ a amizade entre as belas já estava abalada antes mesmo de todo arerê acontecer. A publicação afirma que Marquezine havia parado de ser amiga de Marina por divergências políticas durante as eleições.

Segundo o site, na época Bruna se posicionou contra o atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), enquanto Marina preferiu não se envolver em questões políticas, o que teria gerado uma crise entre elas.

Além de Bruna, Marina perdeu a amizade de Thaila Ayala e do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, que foram seus padrinhos de casamento.

Marina nega que tenha tido qualquer tipo de envolvimento romântico com José Loreto.