Publicado em 12/07/2019 às 17h21.

Carlinhos Maia se defende após filmar morador de rua em NY: ‘Tô cansado’

"Me taxam dizendo que tenho preconceito com negro, mesmo minha mãe sendo negra", desabafou o influencer digital nas redes sociais

Redação
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal
Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

 

Após causar nas redes sociais ao filmar um morador de rua em Nova York, o influencer digital Carlinhos Maia usou as redes sociais para se justificar sobre, segundo ele, um mal entendido.

Na ocasião o humorista foi criticado por internautas ao falar de forma sugestiva sobre um morador de rua que dormia no chão de uma das vias de Nova York. Para alguns seguidores, o artista pareceu comparar o rapaz com as pessoas que vivem na mesma condição no Brasil.

“Me criticaram porque eu filmei um mendigo, elogiando o mendigo. Dizendo que eu estava comparando com o Brasil, quando não comparei porra nenhuma. Só achei o cara bonitão, parecia um ator”, disse.

O alagoano ainda questionou como ele poderia ser preconceituoso se era gay e tinha uma mãe negra. “Me taxam de preconceituoso, mesmo eu sendo gay, me taxam dizendo que tenho preconceito com negro, mesmo minha mãe sendo negra. Como existe tanta gente do mal? Como ainda têm seguidores?”.

Por fim o influencer compartilhou com os seguidores uma visita à sede do Projeto Soulphia, uma ONG que prepara moradoras de abrigos para atuarem como tutores de cursos de inglês na internet. “E vocês não sabiam desse projeto que a gente já ajudava por trás e que vai ajudar mais de 30 mil pessoas que estão na rua. Tô cansado…”.

PUBLICIDADE