Publicado em 09/02/2019 às 12h57.

Diretora da Vogue faz aniversário em Salvador e é acusada de racismo

Donata posou sentada em uma grande cadeira ao lado de mulheres negras; entenda a polêmica

Milena Teixeira
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

 

O aniversário de 50 anos da diretora da Vogue Brasil, Donata Meirelles, está dando o que falar nas redes sociais. Alguns internautas acusam a socialite de racismo devido às fotos que circularam da sua festa, que ocorreu na sexta-feira (8), no Palácio da Aclamação, no Centro, em Salvador.

Nas imagens, Donata aparece sentada em uma grande cadeira ao lado de duas mulheres negras, que estão em pé e vestidas de branco. Vários convidados da festa fizeram fotos na mesma posição que a socialite.

“Racismo claro, puro e descarado. Às vezes, tenho a impressão de que alguns decoradores de festas não têm noção histórica. Quer fazer a coisa chic? Então, coloca uma preta ou preto de adorno, para assim relembrar o tempo bom da escravidão, tempo este que as pretas e pretos não eram tão insolentes quanto hoje”, comentou uma internauta.

“Sem noção, sem empatia e deve ter faltado às aulas de história. Deveria ter vergonha de não conhecer a história de seu país e o peso que ela tem”, disse outra.

A comunicadora Rita Batista também se pronunciou sobre o episódio. Ela comparou uma imagem da época da escravidão com o registro da festa da diretora da Vogue. E ainda citou o trecho de um livro.

Astrid Fontenelle,  jornalista e esposa do novo secretário de Turismo do Turismo da Bahia, Fausto Branco, foi questionada a comentar o assunto no Instagram. Ela respondeu ao internauta dizendo que “ainda temos um longo caminho para percorrer”.

mulher de ff

 

Outro lado

Apesar de Donata ainda não ter se manifestado sobre as acusações, a diretora baiana Daniela Falcão, que também já trabalhou na Vogue, rebateu uma seguidora no Instagram. Ela disse que as mulheres negras estavam caracterizadas de baianas sob a tarefa de dar “boas-vindas” aos convidados.

A internauta perguntou: “Sério que a escravidão foi tema dessa festa? Ridículo!”. Daniela retrucou: “Não foi o tema. De onde você tirou isso? As baianas simplesmente davam boas-vindas aos convidados”.

 

Foto: Instagram
Foto: Instagram
PUBLICIDADE