Publicado em 12/06/2019 às 09h26.

No JN, Bonner se atrapalha e chama Moro de ‘ex-ministro’

Âncora do telejornal da Rede Globo cometeu gafe ao falar do julgamento de habeas corpus do ex-presidente Lula; veja aqui

Redação
Foto: TV Globo
Foto: TV Globo

 

Ato falho, ou premonitório? Na noite desta terça-feira (11), o experiente âncora William Bonner cometeu um equívoco, ao vivo, no Jornal Nacional, ao se referir a Sérgio Moro como “ex-ministro”.

O ex-juiz federal, responsável – e idolatrado – pela condenação do ex-presidente Lula – está envolvido em uma polêmica após trechos de um diálogo com o procurador Deltan Dallagnol serem vazados e publicados pelo “The Intercept”.

“Em outra decisão, a 2ª Turma marcou para o dia 25, o julgamento de um habeas corpus de Lula contra a atuação do ex-ministro Sérgio Moro no caso do tripléx. O julgamento começou em dezembro do ano passado e tinha sido suspenso por um pedido de vista”, disse Bonner, que prosseguiu sem se dar conta da gafe cometida.

O ministro da Justiça do governo Bolsonaro irá prestar depoimento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na próxima quarta-feira (19), para esclarecer a conversa vazada sobre o processo em andamento na Operação Lava-Jato.

Veja aqui:

PUBLICIDADE

Mais notícias