Publicado em 10/01/2019 às 13h33.

Participante do BBB é acusado de agressão por ex-namorada: ‘Sofri muito’

O biólogo chegou a ganhar o apoio da atual campeã, Gleici Damasceno, que retirou a torcida assim que soube do caso de agressão

Redação
Reprodução: TV Globo
Reprodução: TV Globo

 

O Big Brother Brasil nem bem começou e já tem participante sendo odiado nas redes sociais. O biólogo e coordenador educacional indígena, Vanderson, do Acre, teve o seu passado exposto na web pela ex-namorada, Maíra Menezes.

No depoimento a moça afirma que foi agredida por ele na época em que tinham um relacionamento. Maíra conta ficou assustada ao ver que o ex estaria no reality show.

“Agressor de mulheres no BBB. Imagina você abrir seu celular cheio de mensagens de amigas perguntando como eu estava. O rosto do meu agressor estava por toda parte, por toda a internet. Meu Deus, só eu sei o que eu vivi. Típico relacionamento abusivo que terminou com uma agressão. Eu terminei ainda amando, mas sabia que ele ia me bater de novo. Na época, com 18/19 anos, não tive coragem de fazer a denúncia. Anos depois, todo esse sofrimento me fez amadurecer e me fez feminista. Eu não sou a única. Sofri muito na época porque ninguém acreditou em mim, mas a verdade aparece e esse ano é ano de OGUM!”, escreveu.

A atual campeã do reality show, Gleici Damasceno, que havia declarado torcida para o conterrâneo, retirou o seu apoio após receber uma mensagem dos seus seguidores alertando sobre o desabafo da ex de Vanderson. “Agressor de mulher não vai ter vez comigo. Selecionei algumas pessoas que simpatizei de início, mas é óbvio que ainda não estou torcendo por ninguém. É isso! Mas até já retirei uma pessoa dessa minha seleção”, disse no Twitter.

Além da denúncia feita por Maíra, uma ex-aluna de Vanderson também relatou um comportamento abusivo do participante. Segundo a moça, através do Twitter, o biólogo dava em cima das suas alunas menores de 18 anos.