Publicado em 07/12/2017 às 11h51.

‘Quero pedir perdão à minha mulher’, diz Naldo sobre agressão

O cantor foi preso nesta quarta-feira (6) por porte ilegal de arma após sua companheira Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, denunciar agressões

Redação
Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação

 

Preso nesta quarta-feira (6) por porte ilegal de arma, o cantor Naldo Benny, acusado também de agressão por sua companheira, Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, se pronunciou sobre o caso. Ele disse que está arrependido e vai lutar pela família e ficar perto novamente da esposa e da filha de 2 anos.

“Quero pedir perdão à minha mulher. Vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado”, afirmou, em entrevista à Revista Quem.

“Quero pedir perdão aos meus fãs, uma saudade absurda da minha filha, uma saudade absurda da minha mulher. E vou lutar pela minha família. Não abro mão da minha família”, completou.

Ainda de acordo com a revista, ele falou também sobre a possibilidade de buscar um tratamento psicológico: “Já estou em busca de profissionais que possam me ajudar a ficar em condições de rever tudo que eu fiz, de ser um ser humano melhor, de me tornar um homem melhor, de ser uma pessoa que possa ajudar quem passar por esse tipo de problema. Tenho fé em Deus que vou conseguir isso. Peço orações das pessoas que me amam, que amam minha mulher, que amam minha família”.

Após pagar fiança, o cantor se apresentou ainda nesta quarta em um pocket show na festa de confraternização de fim de ano do 18º Batalhão da Polícia Militar (PM), em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE