Publicado em 24/06/2019 às 20h00.

Bolsonaro anuncia que há 99% de chance de F-1 passar de São Paulo para o Rio

Segundo o presidente, a transferência seria uma forma de o evento esportivo não deixar o Brasil

Redação
Foto: Guilherme Mazui/G1
Foto: Guilherme Mazui/G1

 

Há 99% de chance de a F-1 ser transferida de São Paulo para o Rio de Janeiro a partir de 2021. A previsão foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (24), após reunião com o comando na categoria, no Palácio do Planalto.

Segundo Bolsonaro, a transferência seria uma forma de o evento esportivo não deixar o Brasil. O contrato com São Paulo vence em 2020, e o diretor-geral da F-1, Chase Carey, tem negociado com os governadores Wilson Witzel (Rio de Janeiro) e João Doria (São Paulo).

“Nós não perderemos a Fórmula 1. O contrato vence ano que vem, e eles resolveram realizá-la no Rio de Janeiro. Fora isso, seria a saída do Brasil. É praticamente 99% a chance de termos a Fórmula 1 a partir de 2021 no Rio de Janeiro”, disse o presidnete.

No pronunciamento, que teve a presença de Witzel, o presidente fez uma provocação a Doria, que tem insistido para que a F-1 permaneça em São Paulo e é considerado pré-candidato à sucessão presidencial em 2022.

“A imprensa diz que ele [Doria] será candidato a presidente em 2022. Então, tem que pensar no Brasil, e não no seu estado. Então, com toda a certeza, ele não vai se opor. Agora, se ele for candidato à reeleição, daí ele pode querer criar algum óbice ou oferecer algumas vantagens para que permaneça em São Paulo”, disse.

Doria tinha uma reunião agendada em São Paulo com os representantes da F-1 nesta segunda, mas ela acabou adiada por causa do encontro de Bolsonaro em Brasília. Com informações da Folha de S. Paulo.

PUBLICIDADE