Publicado em 13/11/2018 às 15h10.

Em carta, esposa de Schumacher afirma que não irá parar tratamento

O ex-piloto de Fórmula 1 vive recluso desde o acidente de esqui sofrido em 2013 que o deixou em estado vegetativo

Redação
Reprodução: Site Oficial Michael Schumacher
Reprodução: Site Oficial Michael Schumacher

 

Por meio de uma carta enviada ao músico alemão Sascha Herchebach, a esposa de Michael Schumacher, Corinna, deu notícias sobre o tratamento do ex-piloto de Fórmula 1.

No texto enviado para o criador da criador da música ‘“Born To Fight’ (Nascido para Lutar), em homenagem ao piloto, a companheira do alemão afirma que ele não desistirá de sua recuperação.

“Eu gostaria de agradecer sinceramente por sua mensagem e pelo belo presente que nos ajudará neste momento difícil. É bom receber tantos votos e outras palavras bem-intencionadas, é um grande apoio à nossa família. Todos sabemos que Michael é um lutador e não desistirá”

Schumacher vive recluso na Suíça desde o acidente de esqui que sofreu em 29 de dezembro de 2013. O piloto vive em estado vegetativo e a família raramente fala sobre as atualizações no quadro do alemão.

No começo do ano o diário britânico ‘The Sun’ divulgou que a família de Schumacher estaria gastando cerca de 135 mil euros por semana de desde o acidente para manter o piloto vivo.

Anualmente o investimento é de 6,5 milhões de euros, o que equivale a R$ 22,2 milhões. Em 2013, pouco depois de sofrer o acidente, a fortuna de Schumacher estava avaliada em cerca de R$ 36,6 bilhões.