Publicado em 09/08/2017 às 19h20.

Disputa de traficantes provocou morte de quilombolas, diz polícia

Três homens foram presos acusados de participação no assassinato de seis moradores do Território Quilombola de Iúna, no último domingo

Redação

Três homens acusados de tráfico de drogas foram presos pela Polícia Civil, suspeitos de também participarem da morte de seis moradores de uma comunidade quilombola na zona rural de Lençóis, na Chapada Diamantina, no último domingo (6).

A regularização do Território Quilombola de Iúna, onde ocorreu o crime, teve o processo de legalização fundiária iniciada este ano pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

De acordo com a Polícia Civil, as mortes foram ocasionadas por uma disputa pelo controle do tráfico de drogas na região. Até o momento, não foi encontrado nenhum indício de ligação dos homicídios com conflito agrário.