Publicado em 14/05/2019 às 11h52.

Ginecologista é suspeito de assediar 24 mulheres durante consultas

Um perfil no Instagram está recebendo acusações das vítimas

Redação
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

 

Vinte e quatro mulheres procuraram a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na segunda-feira (13), para relatar supostos assédios de um médico especializado em ginecologia e obstetrícia, que atende em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

De acordo com informações do jornal Correio*, o médico, que é identificado como Orcione Júnior, atendia na rede pública e privada da cidade.

Perfil para denunciar

O perfil no Instagram “@diganaovca” está recebendo as supostas denuncias do médico. Nos relatos, as mulheres contam que ele fazia com que as pacientes tocassem seu pênis, além de acariciar os seios e as partes íntimas delas.

A defesa do médico afirma que entrou com um pedido de liminar para retirar o perfil do ar. Para o advogado Paulo de Tarso, trata-se de um “linchamento virtual”.