Publicado em 07/06/2018 às 20h12.

Alckmin diz que Bolsonaro está de ‘salto alto’: ‘Quem decola é avião’

Presidenciável está em Salvador para receber título de cidadão baiano, em cerimônia que acontece na Alba na noite desta quinta-feira (7)

Rayllanna Lima / Rodrigo Aguiar
Foto: Reprodução/ Sérgio Lima/ Poder360
Foto: Reprodução/ Sérgio Lima/ Poder360

 

Pré-candidato à Presidência da República, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (7) que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), seu alvo principal nas últimas semanas, está “de salto alto”.

Em provocação feita ao tucano, o deputado afirmou que só discutiria com Alckmin quando ele alcançasse dois dígitos nas pesquisas. “Eu estou com as sandálias da humildade”, comparou o ex-governador de São Paulo.

Alckmin minimizou o seu próprio desempenho nas sondagens eleitorais, ao dizer que a campanha só começará para valer com a propaganda no rádio e televisão. “Quem decola é avião”, disse.

O tucano esquivou de responder se seria vice de Marina Silva (Rede) e disse que seria “ótimo” ter como companheiro da sua chapa um vice do Nordeste. Em mais uma crítica a Bolsonaro, Alckmin afirmou que não se cria emprego “à bala”.

O presidenciável negou que tucanos vejam sua candidatura com desconfiança e voltou a declarar que já tem o apoio de quatro partidos, mas não revelou quais seriam. “Eles é que devem anunciar, e não  eu”, resumiu.