Publicado em 05/09/2017 às 08h40.

Azi nega boicote e atribui à burocracia demora em depositar empréstimo

Recurso foi autorizado pelo governo federal no dia 22 de agosto, mas a Bahia ainda não recebeu o dinheiro, segundo a senadora Lídice da Mata (PSB)

Rodrigo Daniel Silva
Foto: Rodrigo Aguiar/ bahia.ba
Foto: Rodrigo Aguiar/ bahia.ba

 

O deputado federal Paulo Azi negou, nesta segunda-feira (4), que o seu partido, o Democratas, tem impedido o depósito do empréstimo de R$ 600 milhões do Banco do Brasil para o governo da Bahia, como acusou a senadora Lídice da Mata (PSB).

Ao bahia.ba, o democrata baiano atribuiu à “burocracia” a demora para o repasse dos recursos. Ressaltou ainda que o banco está “dentro do prazo” para liberar o dinheiro.

“Para mim, é uma surpresa as declarações da senadora. […] Pela informação que eu tive, o Banco do Brasil tem até o dia 28 de dezembro para liberar. Então, está dentro do prazo. Deve ser alguma questão burocrática, que deve estar impedindo que o recurso chegue para salvar o governo, que parece estar numa situação muito ruim. [O governo] Não fala em outra coisa a não ser desse empréstimo. A situação financeira do governo está muito delicada”, afirmou.

O empréstimo para a Bahia foi autorizado pelo governo federal no dia 22 de agosto.