Publicado em 19/04/2018 às 06h16.

É ‘improvável’ que Dodge denuncie Temer, afirmam procuradores

Nesta quarta-feira, o senador Randolfe Rodrigues (Rede) protocolou na Câmara um novo pedido de impeachment contra o presidente

Redação
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

 

Uma denúncia da procuradora-geral da República Raquel Dodge contra o presidente Michel Temer (MDB) no caso do inquérito do Decreto dos Portos, antes do fim do ano, é considerada “improvável” por colegas do Ministério Público Federal (MPF).

O fato da investigação ser recente, aberta em setembro, e não dever furar a fila de processos mais antigos contra outros políticos é o principal argumento dos procuradores ouvidos pela coluna do Estadão.

Ainda de acordo com as fontes, a possibilidade da denúncia ser rejeitada pelo Congresso Nacional devido a qualquer atitude apressada é muito grande.

Nesta quarta-feira (18), o senador Randolfe Rodrigues (Rede) protocolou na Câmara Federal um novo pedido de impeachment contra Temer.