Publicado em 12/02/2019 às 09h21.

Justiça precisa reverter inelegibilidade de Luiz Caetano, diz Rosemberg

Ao bahiaba, deputado afirma ter expectativa de que correligionário assuma seu mandato na Câmara dos Deputados

Alexandre Santos / Matheus Morais
Foto: Luiz Felipe Fernandez
Foto: Luiz Felipe Fernandez

 

O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) afirmou nesta terça-feira (12) ter expectativa de que a Justiça Eleitoral “reverta” a decisão que impede o correligionário Luiz Caetano (PT) de assumir sua cadeira na Câmara dos Deputados.

“Tem uma coisa que nos incomoda, que é essa avaliação de Luiz Caetano pelo Judiciário. Eu espero que haja uma reversão dessa situação e Caetano possa assumir o mandato, porque situações como essa já têm decisões favoráveis. Então, espero que o Judiciário siga esse entendimento, e Caetano, legitimamente, possa tomar posso como deputado federal”, declarou Rosemberg ao bahia.ba.

Eleito em outubro, Caetano chegou a ser diplomado, mas não pôde assumir o mandato após a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, determinar sua inelegibilidade. O petista recorre da decisão.

Sobre a indicação de Jerônimo Rodrigues para a Secretaria de Educação (SEC), Rosemberg diz que esta foi uma escolha pessoal do governador Rui Costa (PT). Ele afirma que, embora o partido sinta-se “prestigiado, o objetivo é manter os mesmos espaços na gestão.

“O que Everaldo (Anunciação, presidente do PT na Bahia) dialogou com o governador era que gostaria de manter os mesmos espaços no governo. Eu acredito que isso vai ser mantido. O governador tem dialogado. Hoje, eu espero que encerre todas as discussões temáticas e, quem sabe amanhã [quarta], o governo possa estar anunciando. Acredito que seja também a vontade dele agilizar essa questão”.