Publicado em 23/03/2016 às 20h40.

Com batucada e capoeira, ato pró-Dilma ocorre no Rio Vermelho

Simpatizantes do governo de Dilma Rousseff se posicionaram contra o impeachment da presidente e gritaram: 'não vai ter golpe'

Redação
Simpatizantes do governo de Dilma Rousseff realizaram ato no Largo de Dinha (Foto: leitor bahia.ba)
Simpatizantes do governo de Dilma Rousseff realizaram ato no Largo de Dinha (Foto: leitor bahia.ba)

 

Uma manifestação pró-Dilma chamou atenção de frequentadores do Largo de Santana, no Rio Vermelho, na noite desta quarta-feira (23). Um grupo formado por artistas, capoeiristas, militantes do PT e simpatizantes percorreu ruas do bairro com uma ‘batucada’ iniciada na Rua Fonte do Boi e finalizou o ato com uma apresentação de música e capoeira no local, tido como reduto da militância de esquerda soteropolitana.

De acordo com organizadores, o ato reuniu cerca de 150 pessoas e foi convocado por integrantes da União Nacional dos Estudantes na Bahia (UNE), além de artistas e músicos, entre eles o vocalista da banda Baiana System, Russo Passapusso, presente no evento.

Carregando bandeiras do Brasil e vestidos de vermelho, os manifestantes gritaram “não vai ter golpe” e seguraram uma faixa que dizia “golpe só de capoeira”.  Segundo eles, o objetivo da manifestação é chamar atenção a favor da democracia. O ato foi marcado pelas redes sociais e despertou a atenção de curiosos que transitavam pelo bairro.  Lideranças políticas não marcaram presença.

rvermelho
Músicos e capoeiristas participaram do ato pró-Dilma no Largo de Dinha, no Rio Vermelho (Foto: leitor bahia.ba)