Publicado em 09/01/2016 às 07h00.

Feiras orgânicas conquistam espaço em Salvador

Adeptos da alimentação livre de agrotóxicos encontram variadas opções de compra na cidade

Rebeca Bastos
orgânico CAB_reprodução youtube
Feira do CAB acontece toda quinta-feira em frente à Seagri e é aberta a toda a população. Foto: Reprodução Youtube.

As feiras livres exclusivas de alimentos orgânicos chegaram devagar, mas, pouco a pouco, estão conquistando espaço em Salvador. E quem está interessado em manter a dispensa  abastecida com alimentos livres de agrotóxicos  já encontra opções de feiras em diferentes dias da semana, além de alguns pontos fixos e deliveries para matar a fome com alimentos mais saudáveis.  A Rede Moinho, que atua como uma cooperativa de comércio de alimentos orgânicos, é um dos encurtadores de distância que facilitam o encontro entre  produtor e  consumidor.

“Nosso principal trabalho é facilitar a vida de quem quer inserir os orgânicos em sua alimentação e tem dificuldade de encontrar um local para fazer essa compra com mais comodidade”, diz Diogo Rego, um dos sócios-fundadores da Rede Moinho que é responsável pela gestão da sede que comercializa alimentos de origem orgânica on-line e durante a semana e aos sábados realiza uma feira com hortifrúti fresco em sua sede no bairro do Santo Antônio.

A produção de orgânicos é apontada pelo Sebrae Bahia como uma tendência em alta no segmento de alimentação e os  empreendedores que escolheram investir nessa área em 2015 não têm do que se queixar. Para Clauder Ponte, dono da Obaaa Orgânicos, a opção pelo setor foi a decisão mais acertada possível: em pouco tempo de negócio, ele e a sócia (a esposa, Marília Ponte) já decidiram viver exclusivamente da venda das sopas e polpas orgânicas e funcionais que fabricam e comercializam. “Estamos surpresos com a recepção do negócio e do tempo em que conseguimos construir uma rede de clientes, o que já nos possibilitou a contratação de nossa primeira funcionária”, conta Clauder.

Negócio que cresce- A Obaaa Orgânicos foi pensada para atender aos clientes apenas virtualmente, por telefone e redes socais, porém, diante do sucesso do negócio, os sócios já estudam a possibilidade de abrir uma loja física que possa oferecer mais opções de produtos à clientela. Caso optem pela loja física, o casal não enfrentará uma  concorrência acirrada, visto que as lojas disponíveis ainda não suprem a  demanda crescente do consumidor.

Atualmente é possível comprar frutas e legumes orgânicos em grandes redes de supermercados ou ainda em lojas especializadas em shoppings ou na Ceasa do Rio Vermelho, entretanto, as feiras oferecem preços mais em conta. Quem está interessado em inserir os orgânicos na alimentação pode procurar uma das feiras que o bahia.ba catalogou abaixo.

De acordo com Diogo, é evidente o interesse crescente pelos alimentos livres de agrotóxicos, mas ainda faltam opções acessíveis para a maioria da população. “Há uma percepção de que os alimentos envenenados são os normais e os orgânicos é que são diferentes. Precisamos informar às pessoas que é o contrário”, reflete. Uma coisa é certa, quanto maior for o consumo, menor será o custo de produção para os pequenos produtores, maioria dos que se arriscam em inovar ao se manter distante dos agrotóxicos.

Fotos: Natacia Guimarães/ Rede Moinho/ Divulgação e Valter Campanato/Fotos Públicas

 

 

ROTEIRO /FEIRAS

Quarta-feira 

Praça Ana Lúcia Magalhães (das 6h30 às 10h)

Onde: Praça Ana Lúcia Magalhães, 680 – Pituba

O que tem: Frutas, hortaliças e legumes

 

Quinta-feira 

Feira do Parque da Cidade (das 5h às 8h)

Onde: Avenida Antônio Carlos Magalhães, 1430, Itaigara

O que tem: Hortifrúti 

CAB (das 8h às 12h)

Onde: Av. Luiz Viana Filho, Centro Administrativo da Bahia (CAB), em frente a Seagri

O que tem: Frutas, ovos, hortaliças e legumes

Escola Via Magia (das 11h30 às 12h30 e das 13h30 às 14h30)

Onde: Rua Henriqueta Catarino, 123, Federação

O que tem: Hortaliças, legumes e também produtos industrializados orgânicos.

Obs: A feira está suspensa até o início das aulas, no dia 11 de fevereiro

 

Sábado

Feira da Barra (das 5h30 às 10h)

Onde:  Rua. Afonso Célso, 224 – Barra, na sede do restaurante Ligth House

O que tem: Hortaliças, legumes, frutas, e doces orgânicos

Redemoinho (das 10h às 14h)

Onde: Rua do Passo, 62 – Bairro Santo Antônio

O que tem: Hortaliças, legumes, frutas e produtos artesanais ou industrializados orgânicos.