Publicado em 19/04/2019 às 17h40.

Obras Sociais Irmã Dulce serão beneficiadas com mentoria da Ambev

Além da ONG, outras duas instituições baianas irão fazer parte do programa VOA, realizado pela cervejaria

Redação
Foto: Agência LK/ Divulgação
Foto: Agência LK/ Divulgação

Em meio a mais de 300 ONGs, as Obras Sociais Irmã Dulce foi uma das instituições baianas selecionadas para participar do projeto VOA, realizado pela Cervejaria Ambev. A ONG se junta a Cipó – Comunicação Interativa (Salvador/BA) e Clara Amizade (Salvador/BA).

O programa de mentoria em gestão da companhia é voluntário, e oferece para as ONGs aulas que incluem temas como gestão de pessoas, orçamento, projetos, e desdobramento de metas.

Para a ação deste ano, a cervejaria trabalhará com 400 funcionários voluntários.

“Sempre tivemos vontade de participar mais ativamente no desenvolvimento das organizações sociais, mas ainda não tínhamos clareza sobre como fazer isso – até que percebemos que poderíamos compartilhar nossos conhecimentos e práticas de gestão. No final das contas, nós também aprendemos muito com elas, então foi uma troca rica para ambos os lados”, conta Richard Lee, gerente de Sustentabilidade da Cervejaria Ambev, que irá participar como voluntário do programa pela segunda vez.

Na conclusão do programa, as ONGs irão apresentar ao final de 2019 um projeto prático realizado com base no que aprenderam ao longo dos meses, sendo que o mais bem avaliado receberá um auxílio financeiro. Em 2018, as organizações participantes puderam impactar cerca de 2 milhões de pessoas após a participação no programa.