Publicado em 14/06/2019 às 07h02.

Tudo parado: trabalhadores da indústria baiana aderem à greve nacional

Sindicalistas estão na porta do Polo de Camaçari

Milena Teixeira
Foto: Divulgação/CUT
Foto: Divulgação/CUT

 

 

Os trabalhadores da indústria baiana aderiram à greve geral desta sexta-feira (14). De acordo com a Central Única dos Trabalhadores na Bahia (CUT), as principais vias de acesso para o Polo Petroquímico de Camaçari e para o Porto de Aratu foram bloqueadas por sindicatos.

“A adesão é muito grande. Nenhum trabalhador do regime administrativo foi trabalhar. Os sindicatos atuam de forma conjunta para garantir o sucesso da greve geral”, afirma o diretor da CUT, Alfredo Santos.

 

 

PUBLICIDADE