Publicado em 16/10/2018 às 12h40.

Governo mantém começo do horário de verão para 4 de novembro

Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições

Redação
Horário de verão (Foto Reprodução Wikimedia Commons)
Foto: Reprodução Wikimedia Commons

 

O início do horário de verão será mantido no dia 4 de novembro, cancelando um novo adiamento., informou o Palácio do Planalto, nesta terça-feira (16).

Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições. No começo do mês, o governo federal chegou a anunciar que adiou o início do horário de verão para o dia 18 de novembro por causa de um pedido feito pelo Ministério da Educação para não prejudicar os candidatos do Enem. O exame será aplicado em dois domingos. O primeiro deles será o dia 4 de novembro.

A negativa do Planalto ao pedido veio após estudo de viabilidade feito pelos ministérios de Minas e Energia e Transportes. Segundo a assessoria do Planalto, a análise dos ministérios concluiu a inviabilidade de nova mudança no horário de verão, sem detalhes da decisão.

Na época em que foi anunciado o adiamento para 18 de novembro, a medida foi criticada pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Segundo a associação, a mudança da data acarretaria “sérias consequências” ao planejamento das operações e, consequentemente, para quem adquiriu passagens antecipadamente, afetando 3 milhões de passageiros.