Publicado em 27/05/2018 às 08h28.

Marun vai levar a Temer novas propostas para fim da greve

O ministro da Secretaria de Governo ressaltou que o o movimento "já foi vitorioso" e espera uma solução para "amenizar o sofrimento dos brasileiros"

Redação
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Na noite deste sábado (26), o ministro da Secretaria de Governo afirmou que vai levar a Temer novas propostas para tentar o encerramento da greve dos caminhoneiros. Ele se reuniu  com o governador paulista Márcio França (PSB) e lideranças do movimento dos caminhoneiros em São Paulo.

Entre as propostas, Marun destacou a garantia de  que o desconto de 10% no diesel reflita diretamente nos preços das bombas. Outro ponto é ampliar de 30 para 60 dias o prazo para manutenção do preço, além do fim da suspensão da cobrança de tarifa de pedágio para eixo elevado dos caminhões para todo o país – já acatado por caminhoneiros do estado. 

Por volta das 15h, líderes do movimento grevista e o governador de São Paulo devem se reunir com um integrante do Governo Federal para chegar a um acordo, segundo o G1. 

Marun ressaltou que o movimento “já foi vitorioso” e espera que os caminhoneiros possam “amenizar o sofrimento dos brasileiros” com uma resolução neste domingo (27).