Publicado em 20/04/2017 às 21h30.

Receita pede que STF compartilhe documentos da Lava Jato

Órgão busca informações que possam complementar procedimentos fiscais abertos contra políticos citados na operação

Redação
Foto: Divulgação/Ministério da Fazenda
Foto: Divulgação/Ministério da Fazenda

 

A equipe da Receita Federal que fiscaliza a Operação Lava Jato pediu acesso a documentos relacionados a 13 inquéritos ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), em busca de indícios de não pagamento de impostos por parte de investigados. Com o pedido, a receita busca complementar procedimentos fiscais abertos contra políticos citados.

Segundo a Receita, alguns dos envolvidos na Lava Jato já estão sob procedimento fiscal e a “possível celeridade na obtenção desses documentos otimizará as decisões acerca das confirmações necessárias quanto à efetividade dos indícios de infração tributária que deram causa aos procedimentos fiscais instaurados e em face de novos alvos potenciais que ainda não tiveram ações fiscais iniciadas”